Um espirro e uma coceirinha no nariz e pronto! Esses podem ser os primeiros sinais da alergia. A alergia é uma resposta do sistema imunológico feita de forma bastante exagerada em relação a alguma substância estranha que esteja afetando o nosso organismo. Isso pode acontecer por causa de poeira no ar, microorganismos como ácaro, ou mesmo em reação a algum tipo de alimento que consumimos. O sistema imunológico é o mecanismo de defesa do corpo contra invasores externos, particularmente causadores das infecções. Sua função é reconhecer e reagir a estas substâncias estranhas, que são chamados antígenos. Antígenos são substâncias que são capazes de causar a produção de anticorpos e que podem ou não levar a uma reação alérgica.
As alergias produzem substâncias que são chamadas de "alérgenos." Alguns exemplos de alérgenos incluem pólen, ácaros e fungos. Para entender a linguagem de alergia, é importante lembrar que os alérgenos são substâncias estranhas ao organismo e podem causar uma reação alérgica em algumas pessoas. Mas o primeiro passo para tratar esse mal é recorrer aos médicos alergologistas e solicitar alguns exames específicos de sangue e também exames para saber a qual tipo de substância o indivíduo é alérgico.
Começar a tomar os medicamentos indicados pelo especialista o quanto antes é fundamental para controlar o processo alérgico. O portador de alergia deve cuidar bem sua alimentação, evitando alimentos com condimentos muito fortes e mantendo-se longe do cigarro e da poeira, fatores que desencadeiam a alergia. Tratamentos com medicamentos homepáticos, muitas vezes, surtem resultados muito bons a longo prazo, mas é preciso ter paciência e persistência para desistir do tratamento do meio do caminho.