mercado de joias cresceu muito nos últimos anos no Brasil e vem se tornando um dos setores da economia mais lucrativos, por isso, o trabalho do designer de joias está sendo cada dia mais valorizado. O trabalho de um designer de joias é essencialmente criar peças, como alianças de casamento, brincos, braceletes e pulseiras, sempre visando atender as necessidades de seus clientes ou consumidores. O mercado de tabalho para um designer de alianças, por exemplo, é muito amplo, pois pode atuar por conta própria ou em joalherias.
A formação de um bom designer de joia começa com um bom repertório cultural aliado a uma criatividade imensa para confeccionar peças bonias e elegantes, em ouro amarelo, ouro branco, prata, aço inox e outros materiais. Um designer precisa estar sempre antenado com o que há de mais moderno em ternos de modelos de joias e os materiais empregados na sua confecção, seja para a produção artesanal ou de forma industrial. Mas não são somente as joias verdadeiras que são o foco do trabalho do designer, criação de joias folheadas e bijouterias finas também faz parte do seu dia-a-dia como um profissional que sempre tem como objetivo desenvolver beleza em forma de enfeites, muitas vezes, valiosos.
O papel principal do designer de joias e alianças é criar e desenvolver projetos e coleções de joias, fazendo o acompanhamento dos processos de produção das peças até que elas sejam lançados no mercado para os consumidores finais. Além disso, a criação de peças artesanais exclusivas também é um diferecial desse tipo de profissional, pois é um trabalho muito valorizado e reconhecido. As joias artesanais são mais caras e por isso mesmo recebem uma dose muito maior de carinho ao serem elaborados, com cuidados que vão desde a captação de material de qualidade até a preocupação com o acabamento final das peças para as joalherias.