O câncer de mama é uma das doenças que mais mata e mutila mulheres no Brasil e no mundo, mas poucas delas sabem que com um simples exame de mama, realizado mensalmente, elas podem salvar a própria vida, caso seja detectado algum nódulo ou tumor e até mesmo evitar o câncer de mama. Claro que a mamografia é um exame insubstituível para que se tenha certeza do diagnóstico, mas o auto exame de mama já uma forma bem mais rápida e simples de a mulher perceber se há algo errado no seu organismo. E quem pensa que o auto exame deve ser feito só por mulheres que já passaram dos 40 anos, está muito enganado. A partir dos 25 anos, a mulher já pode começar a fazer uso desse tipo de técnica, que é rápida e totalmente indolor.
Segundo pesquisas, o câncer de mama atinge, com maior incidência, mulheres entre 40 e 69, mas isso não significa que as mais jovens estejam livres do problema. Cerca de 80% dos tumores são descobertos pelas próprias mulheres após fazem o exame de toque nas mamas, e quando isso acontece logo no início da doença, as chances de cura são altíssimas. Além do auto exame, o ideal é que se faça a mamografia pelo menos uma vez ao ano como forma de prevenção da doença, especialmente para as mulheres que já passaram dos 40 anos e visitar o médico ginecologista regularmente.
O objetivo primordial do auto exame é que as mulheres conheça bem suas mamas e possam detectar qualquer problema com mais atenção. Para fazer o toque nas mamas, a mulher deve estar bem relaxada e, de preferência, que ele seja feito sete dias após o começo da menstruação, quando as mamas estão mais flácidas. Na frente do espelho, observe suas mamas com os braços pra baixo, depois com os braços na cintura e, por último, com os braços levantados para trás da cabeça. E todas essas posições, observe o tamanho das mamas, a cor dos mamilos e se há alguma rugosidade na pele, pois qualquer alteração na pele e no formato dos seios pode ser um fator importante. Depois disso, imagine como se seus seios estivessem divididos em quatro quadrantes e apalpe todos esses quadrantes de forma circular, em sentido horário. Não se esqueça que isso deve ser feito com o braço do lado do seio examinado levantado.
Esse mesmo procedimento deve ser realizado com mulher deitada, pois aí o seio fica mais flácido e qualquer nódulo ou tumor fica mais evidente. Apertar com cuidado os mamilos é outra forma de detectar qualquer alteração nas mamas, especialmente se sair alguma secreção de cor esbranquiçada ou amarelada. Em qualquer uma dessas circunstâncias, procure o mais rápido possível seu médico de confiança ou um médico no posto de saúde e faça sua mamografia. Só assim, é possível evitar e tratar o câncer de mama a tempo.