A bulimia nervosa é um mal que afeta muitas pessoas, especialmente as mulheres, caracterizado como distúrbio alimentar, afetando cerca de 3 a 7 por cento da população mundial. Essa doença de trato alimentar, na maioria das vezes, começa na adolescência, quando as meninas desejam um corpo perfeito, mesmo que para isso precisem ficar sem comer. Como a ansiedade é o fator preponderante na bulimia, quando a pessoa consegue se alimentar, o sentimento de culpa é tão grande que ela acaba por provocar o vômito, expelindo tudo o que ingeriu e ficando, aos poucos, sem nutriente algum no organismo.
Além da prática do vômito, a pessoa que sofre de bulimia compensa o ganho de peso pela alimentação com exercícios físicos feitos de forma exagerada e também toma medicamentos como purgantes e diuréticos. Tudo isso feito de forma totalmente descontrolada, o que prejudica bastante a saúde o estado psicológico de quem é afetado pela bulimia nervosa. Vale ressaltar que a doença precisa ser tratada com um profissional que entenda bem do assunto, mas na maioria das vezes o próprio doente não enxerga que precisa de ajuda. Por isso, o auxílio da família é muito importante nessas horas. Quem está por perto do bulímico precisa orientá-lo a procurar um médico especialista e também um psiquiatra ou psicólogo.
Isso porque a parte psicológica de quem está com a bulimia é muito alterada e há a necessidade de primeiro tratar o lado emocional para só então começar a fazer outros exames que comprovem se o indivíduo está com falta de vitaminas, desnutrido ou até mesmo com outros problemas físicos devido ao vômito forçado, tais como: úlcera, sangramento do tubo digestivo, enfraquecimento dos dentes, desmaios e fraquezas, diminuição da pressão e da temperatura corporal e dores de garganta intensas, devido ao ato de forçar o vômito.
Além de terapias, a melhor forma de tratamento da bulimia é tomando medicamentos controlados e prescritos pelos médicos competentes e fazendo sempre uma reavaliação das condições fisiológicas do paciente, com vitaminas e alimentação balanceada que devolva os sais minerais perdidos com a bulimia.