Irritação, inchaço, sonolência, ansiedade, nervosismo, retenção de líquidos, cólicas, mudanç de humor, seios doloridos, dores de cabeça e impaciência são apenas alguns sintomas de um mal muito conhecido pelas mulheres, a chamada TPM. A Tensão Pré-Menstrual é uma queixa muito comum entre as mulheres mais jovens, que ainda não se encontram na fase da menopausa, causada por alterações hormonais que acompanham o período da menstruação. Em alguns casos, os sintomas podem ser tão fortes que a mulher não consegue nem mesmo realizar tarefas rotineiras do dia-a-dia. De forma geral, esse problema atinge cerca de 33% das mulheres, começando a surgir a partir dos 30 anos de idade. Mas há casos em que a TPM inicia assim que a menina menstrua pela primeira vez.
Apesar de todos os incômodos que TPM causa, ela pode ser controlada e amenizada através de medicamentos, atividades físicas regulares e até com um dieta mais balanceada, rica em vitaminas E e B, e também evitando certos alimentos que contribuem para deixar a mulher mais agitada e ansiosa, como o café e chás pretos. Se você é uma daquelas mulheres que sofre com a TPM, desconta toda a sua irritação no marido e fica totalmente impaciente no período da menstruação, procure seu médico ginecologista e faça uma consulta de rotina para ele possa detectar a tensão pré-menstrual e possa aplicar o tratamento mais indicado.
Na grande maioria das vezes, os anticoncepcionais são os medicamentos mais receitados para o controle da TPM, sendo o grande amigo das mulheres a fim de amenizar sintomas tão desconfortáveis. Terapias de relaxamento, yoga, pilates a outras atividades físicas feitas de forma frequente ajudam a controlar melhor os sintomas da TPM, fazendo, muitas vezes, com que desapareçam por completo. Muitos sites e revistas sobre saúde a mulher dão dicas de como se livrar desse mal, mas o ideal é que procure mesmo um médico especialista no assunto pra tentar resolver o problema pela raiz.