As persianas são um jeito bastante charmoso de bloquear os raios solares e decorar as janelas de casa, proporcionando mais modernidade e conforto para os moradores do lar. E para que as persianas tenham uma vida útil duradoura, com beleza e eficácia, a limpeza das persianas é algo necessário, não importa de que tipo de material com que foram confeccionadas. Mas é importante saber que para cada tipo de material existe um método de limpeza, sem que seja necessário retirar as persianas do local onde foram instaladas.
A primeira opção, e bem mais complicada também, é retirar as persianas com cuidado e lavá-las a seco, caso sejam de tecido, em alguma loja especializada nisso. Vale lembrar que a manutenção das persianas de qualquer material deve se feita pelo menos três vezes por semana, utilizando um espanador de pó ou pan seco para retirar a sujeira mais grossa do dia-a-dia, não sendo necessário e nem recomendado aplicar qualquer tipo de produto químico.
Essa limpeza preventiva é feita somente para que a persiana tenha uma durabilidade maior, até que seja feita uma lavagem denominada ultra-sônica, na qual a persiana é colocada em água com produtos químicos adequados para sua lavagem e não existe contato com as mãos. Após esse procedimento, a persiana vai é levada a uma estufa e seca. O resultado é uma persiana impecável, com cara de nova e recém-comprada. Geralmente, os trilhos acumulam muito pó, mas o cliente não consegue ver. Por isso, a lavagem é importante.
Já nas persianas feitas em tecido, recomenda-se utilizar aspirador com bocal de escova na retirada do pó. Nas persianas de tecido, caso demore mais de um ano para realizar a limpeza, elas podem encardir e a lavagem ultra-sônica para persiana não vai apresentar resultados tão eficientes, porque ela continuará com tom mais escurecido.