Além de escolher o modelo do convite do casamento, o tipo de papel, a decoração do convite, o tamanho e a cor do envelope, definir quantidades e caligrafia, os noivos também ficar atenos quanto à subscrição dos convites de casamento. Isso é muito importante, pois é iso que vai indicar para quem vai o convite e quem está sendo convidado. Uma das dicas para saber como subscritar o convite de casamento, leve em consideração o grau de intimidade que tem com o convidado e também  tipo de convivência, se é familiar, de trabalho, entre outras.
Para convidar autoridades, pessoas importantes com as quais não tem muita finidade, prefira os seguintes exemplos: Excelentíssimo Senhor ou A Sua Excelência o Senhor, A Sua Senhoria o Senhos, Vossa Senhoria e para um tratamento menos cerimonioso, Senhor e Senhora. No caso de convidar um casal com quem possui mais afinidades, pode subscritar como: Senhor Fulano e Senhoa Fulana. Se decidiu convidar a família (esposa e filhos), subscrite: Senhor Fulano e família. Se a convidada é conhecida e é superior ao esposo, no sentido hierárquico, então pode subscritar em nome de Senhora Fulana e família.
Quando o convite de casamento subscritado é endereçado para um casal de amigos, você pode optar por colocar apenas os nomes, começando pelo nome masculino. Se os convidados forem parentes próximos, nada a impede de subcritar como "Tio Fulano e tia Beltrana", isso fica a critério dos noivos. No caso de convites para pessoas que namoram, então prefira sempre entrar em contato com a pessoa conhecida e pegue o nome do acompanhante, subscritando de maneira formal.