È possível planejar um casamento sem grandes gastos. Para isto a noiva tem que estar atenta às possibilidades de pechinchar. Um dos maiores rombos no orçamento é o item que representam as flores da decoração. Há algumas técnicas que auxiliam na redução de custos nesta etapa, porém é preciso ter paciência para pesquisar e pesquisar.
Optar por ter a cerimônia e a festa de recepção no mesmo lugar é uma boa saída. Pois a decoração será uma só e a noiva não precisará se desdobrar para decorar dois ambientes separados, caso a festa fosse em um lugar e o matrimônio em outro. Pense em arranjos simples, que poderiam ser feitos por você mesma, tais como os centrais de mesa, que não precisam ser tão elaborados, geralmente os florais pequenos são fáceis de fazer em casa.
Toda noiva tem o sonho de ter o casamento mais lindo do mundo e as flores mais sofisticadas e belas, porém não se esqueça que as flores morrem rápido, não duram nada, empregar muito dinheiro nelas pode representar um desperdício, pois alguns casais entram em dívidas absurdas por causa de um casamento, muitas vezes até, passam anos pagando as dividas. È fundamental dosar os custos, pensar sobre a real necessidade de cada escolha para um casamento e principalmente ter os pés no chão e respeitar rigorosamente o quanto se tem para gastar.
Você também pode poupar dinheiro das seguintes maneiras:
*Mantenha as flores mais caras para o buquê. Para a decoração de mesas use as alternativas mais baratas
*Se preferir use flores artificiais em centros de mesa
*Escolha a temporada de flores cultivadas localmente no lugar das espécies fora da estação e importadas que serão muito mais caras
*Escolha arranjos simples – quanto mais detalhe mais vai custar o trabalho do florista.