Muitas mulheres sentem vergonha de ir à praia, à piscina ou colocar uma saia ou short mais curto por causa de um incômodo que atinge a quase todas as mulheres depois dos 30 anos: os vasinhos e varizes. E realmente os vasinhos marcando a pele é uma das coisas mais chatas de se ver, principalmente para aquelas mais vaidosas. Esse tipo de problema atinge mais as mulheres do que os homens, mas tem solução: a escleroterapia química. Os vasinhos surgem, na maioria das vezes, devido à má circulação, peso excessivo nas perdas e falta de atividades físicas, especialmente se a pessoa fica muito tempo em pé ou sentada em uma mesma posição, interrompendo a circulação nas pernas.
A escleroterapia química ou secagem de vasinhos funciona da seguinte forma: por meio de injeções, são injetadas substâncias químicas específicas para secar os pequenos vasos que marcam as pernas ou outras regiões atingidas, como coxas e pés, fazendo que eles desapareçam completamente e promovendo a oclusão das veias tratadas. Esse procedimento é mais indicado para regiões com vasinhos mais finos e que possuam uma extensão menor e pode ser feito em clínicas de estética. É bom ter em mente que o procedimento é estético, adequado para tratamentos corporais em vasos finos, já as veias mais grossas demandam um tratamento cirúrgico, com acompanhamento de um médico cirurgião vascular.
A aplicação da substância os vasinhos é indolor, uma vez que a agulha utilizada é muito fina. Após algumas dias do procedimento, os vasinhos secam por completa e desaparecem. Para ter um resultado eficaz, o médico responsável deverá fazer uma avaliação do caso do paciente, para só então poder definir quantas sessões são ideais para acabar de vez com o problema. Depois de realizar a escleroterapia química, alguns cuidados médicos são essenciais, como o paciente usar meia compressora na região onde houve a aplicação e não se expor ao sol por alguns dias. Normalmente, não ocorrem inflamações das áreas tratadas, mas caso isso aconteça o melhor é voltar ao médico para ele receitar os medicamentos adequados.