Os exames pré-nupciais exercem m papel fundamental na saúde do casal e têm por objetivo checar a existência de alguma doença e também a qualidade de uma futura gestação para a mulher. Mesmo que dê um certo trabalho para colher todos os exames, os noivos devem ter em mente que os exames pré-nupciais são uma segurança a mais para o casal, já que o diagnóstico antecipado pode tratar doenças que interferem na vida sexual do casal. Vale lembrar que, assim como todos os outros preparativos para o casamento, os exames também devem ser marcados com antecedência. Alguns casais têm dúvidas sobre quais exames devem realizados, por isso é essencial conversar com o médico passe todas as informações a respeito de cada exame pré-nupcial para mulher e para os homens e qual o procedimento a tomar no caso de se fazer algum tipo de tratamento.
Um dos exames mais importantes para a mulher é a Colpocitologia oncológica ou Papanicolaoutar, em que a secreção vaginal é coletada para verificar se há algum corrimento que necessite de tratamento. Além disso, outros exames fazem parte da listinha que certamente seu médico lhe recomendará, como: hemograma completo, para verificar se há anemia, alterações de glóbulos brancos ou de células da coagulação, as chamadas plaquetas. O exame de tipo sanguíneo identifica o grupo de sangue ABO e Rh. Se a paciente for Rh negativo e o noivo Rh positivo deverá haver alguns cuidados especiais em gestações e partos, pois a incompatibilidade pode afetar o bebê.
Exames de fezes e urina, assim como os de sífilis, rubéola e sarampo também são solicitados pelo médico. Outro exame essencial é a sorologia para hepatite B e C, assim como a sorologia para HIV,em que é possível identificar se a paciente é soro positiva. Este exame é primordial para a vida sexual dos noivos e para planejar futuras gestações. Para os homens, a relação de exames pré-nupciais é menor, mais nem por isso, menos importante. Nesse caso, é imprescindível que eles façam o hemograma completo, sedimento urinário, exame de fezes, sorologia para sífilis, hepatites e HIV; tipo sangüíneo e o espermograma para conhecer as condições do esperma e sua fertilidade.