Talvez você já tenha conhecida uma pessoa que sempre reclama de dores, vive doente, com diversos tipos de sintomas, toma vários medicamentos, porém, quando vai ao médico, nunca tem nada. Pois é, todos nós já tivemos contato com alguém assim e esse tipo de pessoa tem um nome: hipocondríaco. A hipocondria é a mania de doenças e geralmente é caracterizada pelo excesso de uso de medicamentos e sintomas de doenças que a pessoa jamais teve. É considerado um distúrbio psicológico, levando muitas pessoas a se distanciarem do convívio com outros indivíduos e deixarem de fazer suas tarefas diárias por puro medo de pegar alguma doença ou morrer.
Geralmente, esse transtorno é gerado por problemas emocionais, ansiedade, traumas, depressão ou manias isoladas. Em verdade, não existe uma forma de prevenção da hipocondria, mas há tratamento, baseado em terapias de relaxamento, tratamento psicológico e psiquiátrico, à base de medicamentos prescritos pelo médico psiquiatra. E vale ressaltar uma dica importante: nada de tomar remédios por conta própria ou receitados em farmácias. Dependendo dos componentes e da reação do organismo, os efeitos podem ser inversos, piorando a situação clínica do paciente.
O que uma pessoa que sofre de hipocondria precisa é do apoio e carinho das pessoas mais próximas, familiares e amigos. Quando temos pessoas amadas por perto, tudo fica muito mais fácil de enfrentar, inclusive os desafios. Uma das melhores maneiras de superar essa doença, além de tratamentos médicos, é a prática de exercícios físicos e medicina alternativa, como o ioga, cromaterapia, aromaterapia, floras de Bach, acupuntura, musicoterapia, entre outras modalidades. O que vale é a vontade superar esse problema que tanto incomoda as pessoas, mesmo que elas pensem realmente estar doentes fisicamente.