O hipotireoidismo é uma doença causada pela produção insuficiente de hormônios tireoidinos pela glândula tireóide. Segundo estudos comprovados por especialistas na área de medicina, cerca de 3% da população mundial sofre desse mal, que pode ser tratado com sucesso com medicamentos que controlam a produção do hormônio tireoidiano pelo nosso organismo. O hipotireoidismo tem diversas causas, como a herança genética, deficiência na produção de iodo, pode ser decorrente do pós-parto ou ser proveniente do que se chama de tireóide de Hashimoto, considerada uma doença auto-imune, em que as próprias células de defesa do organismo criam anticorpos contra a glândula tireóide. Alguns fatores como o estresse e o fumo podem acelerar esse processo, uma vez ue liberam mais radicais livres no corpo humano.
Quem é portador do hipotireoidismo pode perceber alguns sinais da doença pela manifestação de alguns sintomas típicos da doença: sonolência exagerada, intolerância ao frio, cansaço extremo ao fazer qualquer tipo de atividade, ressecamento da pele, queda de cabelos em grande quantidade, unhas quebradiças e frágeis, hipotonia muscular, bócio e cãimbras musculares. Ao perceber todos esses sintomas, visite logo seu médico de confiança e ‘solicite alguns exames específicos de sangue para saber que está com hipotireoidismo ou não.
Atualmente, o tratamento é facilitado pelo grande número de medicamentos disponíveis no mercado farmacêutico e basta tomar apenas um comprimido pela manhã, ainda em jejum, pra repor o hormônio não produzido pelo organismo. Em alguns casos mais graves, a doença pode ser sanada com cirurgia para a retirada da glândula, mas o medicamento deve ser ministrado sem interrupções.