O design de interiores é algo que requer conhecimento técnico, mas também muita sensibilidade, bom gosto e requinte. A combinação de cores, estilos e materiais parece fácil à primeira vista, mas não é. Para ser um bom designer de interiores é necessário estar sempre antenado com o mundo da moda e com as tendências de design que se modificam a cada ano, sempre com o objetivo de planejar e adequar os ambientes para a melhor qualidade de vida, proporcionando mais conforto e comodidade às pessoas.
Esse ramo da arquitetura está sendo cada vez mais valorizado, principalmente porque quase todas as lojas de homedecor e de móveis planejados contam com pelo menos um profissional especializado em design de interiores, que é um pouco diferente de decoração de interiores. O designer de interiores projeta ambientes com a combinação de cores, materiais e texturas, levando em conta também a disposição dos móveis e acessórios. Quem pensa que o papel de um designer de interiores é só decorar, está muito enganado.
Ele também deve estudar cada detalhes da área a ser criada ou reformulada e fica responsável pela montagem do orçamento e cronograma da reforma. O designer também planeja e desenha os móveis sob medida, assim como a disposição de todo o mobiliário, seleciona os ornamentos e revestimentos de pisos e paredes, sempre procurando atender às necessidades e sonhos dos clientes, além de buscar uma harmonia estética e muita funcionalidade e praticidade no ambiente para o dia-a-dia. Esse profissional projeta também salas comerciais, residências ou espaços em bancos, escritórios, consultórios e lojas.
Pode trabalhar como autônomo ou também atuar como funcionário de empresas especializadas em decoração e design de interiores ou ainda como consultor em estabelecimentos comerciais de móveis planejados e sob medida.