Muitas noivas estão trocando o tradicional buquê de noiva por um mimo de pelúcia conhecido como sapo príncipe de casamento. Algumas mulheres já conhecem e aderiram à ideia, outras nunca ouviram falar, mas sem dúvidas ficarão apaixonadas pela idéia ao conhecerem esse novo estilo de “buquê” para casamento. Mas vale ressaltar que, por ser um bichinho de pelúcia, o sapo príncipe bouquet é perfeito para cerimônias de casamento informais ou em salões de festas, mas, na Igreja, deve ser usado com todo o cuidado, afinal o recinto religioso pede mais serenidade e menos despojamento, sem contar que o boneco de pelúcia chama a atenção de todos por onde quer que ele passe.
Por isso, grande parte das nubentes prefere usar o bouquet convencional de flores durante a entrada no cortejo religioso e só na hora de jogar o buquê é que elas inovam e apelam para o sapo príncipe. O mimo, além de ser muito criativo e original, é ideal para festas de casamento mais informais ou modernas, também carrega um pouco de superstição consigo, afinal quem não conhece a história do sapo que vira príncipe? As mulheres solteiras que esperam para buquê, ou o sapo, na maioria das vezes sonham em encontrar seu príncipe encantado, e pegar o bichinho de pelúcia em um momento de extrema descontração é um sinal de sorte e leva bons ventos para as solteiras.
Antes de trocar mesmo o bouquet de noiva tradicional pelo sapo príncipe para casamento, a noiva deve pensar se o estilo da cerimônia combina mesmo com o bicho de pelúcia. Uma vantagem muito grande de se usar o sapo-bouquet no casamento é que a pelúcia tem uma durabilidade muito grande, coisa que não acontece com o buquê de flores, que é perecível e logo se desmancha, não podendo ser guardado. Já o sapo-buquê serve até como recordação do casamento e se a noiva desejar pode encomendar dois sapos príncipes: uma para jogar às solteiras e outra para guardar com todo o carinho em casa.