Por mais que você escove os dentes após as refeições, use enxaguantes bucais e sempre passe o fio dental para retirar as pequenas partículas de alimentos que ficam entre os dentes, não adianta. A placa bacteriana vai se formando assim mesmo, deixando nossos dentes mais amarelados e propiciando a halitose, ou mau hálito. Esse problema acontece porque, por mais que a escovação seja intensa e perfeita, a escova de dente não consegue atingir os sulcos e depressões existentes entre a dentição. E é nesses lugares que vão se acumulando restos de alimentos, formadores da placa e do tártaro. Mas a solução perfeita para esse caso tem nome: selante dentário.
O selante para os dentes é um tipo de procedimento aplicado pelos dentistas em clínicas odontológicas há vários anos, especialmente em crianças, pela escovação mais deficiente. Mas os adultos também podem fazer uso dessa técnica que favorece a saúde bucal de uma forma muito simples e indolor e não tão cara como muitas pessoas imaginam. O tratamento é acessível em quase todos os consultórios dentários e os dentistas estão sempre se atualizando para aplicar o tratamento com o selante dentário da melhor forma para o paciente.
O procedimento consiste em um material plástico que é aplicado na superfície de mastigação dos dentes posteriores, onde há maior incidência de cáries e placas bacterianas. A resina plástica preenche todos os sulcos e depressões existentes entre os dentes, impedindo que qualquer tipo de sujeira se acumule entre eles e protegendo o esmalte dos dentes.Os dentes onde será aplicado o selante são limpos e, logo em seguida, as superfícies mastigatórias recebem uma solução ácida para eu fiquem mais ásperas, facilitando a aderência do selante ao dente. O selante dentário é, então, pincelado no esmalte dos dentes, onde se liga diretamente a eles, endurecendo logo em seguida.
Enquanto o selante permanecer intacto, a superfície dental estará protegida da cárie. Os selantes dentários suportam bem a força normal da mastigação e geralmente duram vários anos antes que uma reaplicação seja necessária. Nas consultas regulares, seu dentista verificará a condição dos selantes dentários e fará uma nova aplicação quando necessário.