Em qualquer tipo de festa ou reunião entre amigos, uma boa conversa regado de licores de vários tipos e sabores pode ser um programa diferente, interessante e muito saboroso. O licor é uma bebida alcoólica fina, doce, geralmente elaborada com frutas, ervas, sementes, raízes, flores e outros ingredientes, inclusive misturado a algum tipo de creme. Por ser uma bebida elegante e sofisticada, o licor é um pouco mais caro que outros tipos de bebidas, mas pode ser servido em casamentos e outros eventos, como bodas e festas de formatura. A composição dos vários tipos de licores leva xarope, açúcar, álcool, frutas o outros ingredientes para conferir sabor e aroma à bebida, por exemplo, ervas, cascas e outros.
Existem alguns tipos de licor mais secos, outros mais acetinados, e outros perfumados, de cereais ou de frutas, enfim, o que vai diferenciar um do outro é a matéria-prima com que é feito. Nos empórios mais chiques e sofisticados, encontram-se garrafas de licores das mais diversas marcas, e vale lembrar que esse tipo de bebida não exige que seja curtido por muito tempo, porém ficam algum temo “repousando” até que atinjam o sabor ideal. Para quem aprecia essa bebida doce e suave, os fabricantes de licor produzem licores com uma ampla gama de sabores: são licores de chocolate, de amêndoas, de menta, de laranja, de cereja, entre outros.
Dos licores produzidos na Itália, os mais famosos são o Amaretto, o Limoncello, o Bénédictine. A França também é outro país especialista na produção de licores, e entre os mais saborosos são o Anisette, considerado adocicado, o Cointreau, feito de laranja, o Chartreuse, licor francês e o Alizé Gold Passion, com sabor de maracujá e feito com o mais fino Cognac francês. O Brasil também se apresenta como um bom produtor de licor, com o licor de banana Amabilli, feito em Pernambuco, o licor de chocolate branco Fogg, de Gramado, no Rio Grande do Sul e o Musashi, de Juazeiro do Norte. Não podemos deixar de citar a Amarula africana, o Curaçau e o Marasquino, delícias já bem conhecidas dos brasileiros.