Surgido há poucos anos nos Estados Unidos, o Trash the dress é um novo conceito em termos de fotojornalismo de casamento. Perfeito para os noivos mais modernos e ousados, o Trash the dress – que significa “sujar o vestido”- renova totalmente o estilo mais tradicional de fotografias do álbum de casamento. A mudança de cenário é completa: em vez de os noivos serem fotografados em locais fechados e já conhecidos por todos, com poses e imagens espontâneas, as imagens do Trash the dress é feita em locais inusitados, onde nenhuma noiva pensaria em posar com seu belíssimo vestido de casamento.
Muitos fotógrafos não gostem muito desse termo, afinal, sujar o vestido de noiva é algo que passa uma impressão de desleixo e assusta algumas noivas. Mas na verdade isso apenas significa que as fotografias serão realizadas em cenários mais despojados e diferentes, como praias, por exemplo, onde certamente o vestido de noiva se sujará com a areia e água do mar. Apesar de alguns casais ainda estranharem esse novo modelo de fotojornalismo de casamento, os estúdios fotográficos que realizam esse tipo de trabalho incentivam seus clientes, pois o resultado fica belíssimo e muito diferente do que apenas fazer poses convencionais.
O azul do céu, o sol se pondo, o mar de fundo e os noivos em meio a esse paraíso dá um toque de muito glamour às fotos, sem contar que a natureza é uma perfeita aliada para qualquer fotógrafo profissional experiente. Para os casais que planejam uma festa de casamento na praia, o Trash the dress é a forma mais bacana de produzir as fotos do casamento, formando um lindo álbum que será compartilhado com toda a família como forma de recordação. Vale lembrar que a modalidade de fotojornalismo só pode ser realizada quando a noiva compra o seu vestido. Contudo, no caso de fazer o aluguel de um traje de casamento, o casal não pode nem pensar nessa possibilidade, uma vez que o vestido precisa voltar para a loja são e salvo.